Por que é importante estimular o Bebê?

Muitas mamães e papais já devem ter lido ou ouvido falar que é muito importante estimular o seu bebê no dia a dia com brincadeiras, músicas e outras atividades.
Mas será que está claro o porquê dessa importância?
Já há algum tempo não ouvíamos falar sobre a estimulação de bebês, pois acreditávamos que o bebê sozinho buscava todos os estímulos necessários para seu aprendizado e desenvolvimento. Mas já está comprovado que ele  não  tem  todas  as  ferramentas  físicas  nem  emocionais  suficientes  para  tal.  O  termo  usado  atualmente  é estimulação essencial, com base nessa nova concepção.
Com o avanço das pesquisas em neurociências, descobriu-se que durante os primeiros anos de vida o cérebro da criança cresce em tamanho, estrutura e função. Passa de 400 gramas no nascimento a aproximadamente 1 quilo aos 3 anos. Esse aumento de peso ocorre pela multiplicação das células responsáveis pela nutrição e sustentação dos neurônios e pelo aumento das sinapses. Por meio delas, nossos neurônios se comunicam e é a partir dessa comunicação  que  percebemos  o  mundo  à  nossa  volta,  fazemos  o  nosso  corpo  se  movimentar  e  ativamos  as nossas emoções e os nossos pensamentos.  
Vivemos dos 0 a 3 anos o momento mais importante do nosso desenvolvimento. Alguns autores o chamam de “fase de ouro”. É a grande oportunidade que temos de desenvolver todo o nosso potencial, para que no futuro possamos desfrutar de todo o aprendizado adquirido nesta fase. Por isso, é tão importante oferecer ao bebê em seus  primeiros  anos  de  vida  experiências  relacionadas  a  todos  os  aspectos  do  desenvolvimento:  físico, cognitivo, social e psicoafetivo.  
A criança que é estimulada adequadamente brinca com mais qualidade e tem um nível maior de participação em suas atividades do dia a dia e, também, nas escolares. Quanto mais experiências adequadas ela experimentar, mais  estará  apta  a  vivenciar  o  mundo  ao  seu  redor,  a  aproveitar  suas  capacidades  e  a  se  sentir  segura  para enfrentar a vida.  
Que  tal  separar  um  tempinho  com  seu  bebê  para  estimulá-lo  usando  seu  próprio  corpo  e  materiais  que provoquem  diversas  sensações  nele?  Você  vai  ver  o  seu/sua  filho(a)  se  expressar  e  se  desenvolver  de  uma maneira incrível.
Dicas:  
•  Tocar instrumentos musicais simples com o seu bebê irá ajudá-lo a distinguir sons diferentes.
•  Dê ao seu bebê brinquedos plásticos que façam um barulho agudo quando são apertados. Isto irá encorajar o bebê a fazer sons e a ouvir a sua própria voz.
•  Ofereça blocos de construir, conjuntos de construção e conjuntos de trem para encorajar seu bebê a construir coisas. Este tipo de brincadeira o ajudará a representar o mundo em que vive.
 
Mariana Lacerda Gontijo
Terapeuta Ocupacional da Trilha da Criança
Mestranda em Ciências da Reabilitação – UFMG
CREFITO-4 nº 15170TO